30.12.07

Adeus 2007

Fico sempre um pouco nostálgica quando se aproxima o final de mais um ano das nossas vidas. Este ano correu como eu gosto: acaba melhor do que começou. Não foi um ano perfeito, mas foi um ano cheio de pequenas (?) vitórias. Foi um ano diverso: a primeira metade em Sines, a segunda metade em Madrid. Foi um ano cheio de gatos, e isso é sempre bom. Foi um ano ímpar, o que a mim normalmente não me agrada muito, mas neste caso nem me posso queixar. Sobretudo, foi um ano em que decidi com muita certeza sobre muitas coisas que eu decididamente não quero na minha vida. E como bónus, ainda percebi que há algumas sem as quais não posso (nem quero) viver.

2 comentários:

filomeno2006 disse...

Feliz 2008

Margarida disse...

Olá Filomeno,

feliz 2008 para ti também! :)