2.7.10

Como arranjar inimigos em Espanha

Ora, andar a pôr cenas tipo "sou do Paraguai desde pequenina" no FB, e linkar artigos da imprensa basca a analisar como os hermanos (que se andam sempre a queixar das arbitragens) nem abrem o pio relativamente ao seu golo em fora de jogo, é coisa para me fazer, no mínimo, odiada como se de um etarra me tratasse.

Mas não resisto a passar-lhes um pouco da minha azia. Eles picam-se, efectivamente, mesmo quando ficam calados. Aliás, quando ficam calados é quando se picam mais, e depois aí é só corte e costura - e pela frente cariños e sorrisos pepsodent.

4 comentários:

almighty yellowphant disse...

O meu pai ontem trouxe umas cerejas mesmo boas. nao comi, eram espanholas :P

Andorinha disse...

Andas-me a dar umas ideias brilhantes pra este fim de semana ;)

Andorinha disse...

Se bem que se torna um bocadinho complicado fazer-lhes a vida negra qdo além do bilhete de avião, compraram um bilhete no Ave pra mim E PRA PETZI! Não paguei cheta! Assim é difícil!

Bluebluesky disse...

Dale daleeeee! jejeje :-)