16.7.10

Não apenas paranóias de frequent flyer

Fico sempre na parte da frente do avião. O mais atrás que fico é por cima das asas. O mais longe que me sento de uma saída de emergência são quatro filas. E, obviamente, sempre no corredor.

Estatísticas de sobreviventes de acidentes áereos, meus queridos. Tanga ou não, os da cauda são os primeiros a esticar o pernil.

(Já expliquei que a minha cena com as estatísticas, pelo menos uma vez.)

6 comentários:

Mnemósine disse...

O meu lugar favorito é ao lado das saídas de emergência, à janela. Não tenho qualquer problema em andar de avião mas penso sempre que se alguém tem de ficar a tapar aquelas portas pelo menos que seja eu que sou magra e mesmo que quine é só desviar 50kg e que se não quinar sou capaz de ter sangue frio para ler as instruções e abrir a portinhola em vez de me pôr aos berros.

C. disse...

Embora nunca tenha pensado nas estatisticas tenho por habito escolher os lugares da frente e corredor. Fico mais ou menos com claustrofobia na hora de sair :)

Maggie disse...

Mnemósine,
eu vejo com cada personagem nesses lugares, não sei como as hospedeiras não os trocam de sítio. Até me dão arrepios.

C,
pois, o facto do tecto ser mais alto tb me faz gostar mais do corredor. Isso e poder ir à casa de banho, ou ir à mala buscar qq coisa, sem chatear ninguém no processo.


Beijinhos!

Restelo disse...

Prefiro os lugares da frente mas é só porque recebem a comida primeiro... Prefiro janela, detesto que me acordem para sair para irem ao wc ou passear ou o raio que os parta...

Bluebluesky disse...

Lol não faço questão mas gosto de ficar nos lugares mais à frente porque se sente menos turbolência e são os primeiros a sair.
Agora gostar gostar é de ficar à janela - sempre! - e, se possível nas saídas de emergência porque têm mais espaço para as minhas longas pernas :-)

Jibóia Cega disse...

Corredor, sempre. Só se houver a sorte de ir em "bizenesse" é que gosto da janela ;)