17.12.08

Ele há dias que não se esquecem!

No dia 3 de Junho de 2007, voltei para Madrid pela segunda vez. No dia 3 de Junho de 2007, devia ter começado uma vida nova. No dia 3 de Junho de 2007, tomei uma decisão muito importante, baseada em mentiras muito grandes. No dia 3 de Junho de 2007, não fui uma puta, mas devia ter sido. No dia 3 de Junho de 2007, eu já gostava o suficiente de vinho verde para não poder voltar atrás. No dia 3 de Junho de 2007, eu trouxe na bagagem uma novela mexicana da qual devia ter aproveitado para fugir a sete pés. Mas... No dia 3 de Junho de 2007, eu (ainda) não sabia que fazia parte do elenco. Ora bolas.

6 comentários:

Saltos Altos Vermelhos disse...

OH caraças! Foi tudo isso no dia 03 de Junho? e há um ano atrás? E agora? já passou?

Margarida disse...

Pois... é daquelas novelas intermináveis... quando uma pessoa pensa que nada de pior pode acontecer, zás! Mais um segredo escabroso é revelado...

Ervi Mendel disse...

Espero que isto seja só o "trailer"! É que eu sou mais curioso que um gato...

Júlio disse...

Djizzzz! Com adaptações necessárias de género e data... quase parece uma história que eu cá sei... mas talvez seja pelo que o Ervi diz, tão resumido, parece um "trailer" e os filmes devem ser diferentes.

Margarida disse...

Ervi,
mais curioso que um gato??? Hum... não sei se acredito... já alguma vez caiste para dentro de uma sanita? :D

Júlio,
as novelas mexicanas são assim mesmo: com as devidas adaptações de género e data, a base da história é sempre a mesma! :)

Restelo disse...

Darling, quando cá vieres temos de ter uma conversinha!