10.12.08

A Restelo desafiou-me para mais um desses exercícios tipo auto-psicanálise que me fazem pensar na vida e no que realmente quero dela. Desta feita há que escolher oito sonhos, mas oito sonhos são pouco, muito pouco. Para mim os sonhos são as minhas melhores e mais desejadas ambições. Talvez alguns se mantenham sonhos, se bem que a minha maneira de estar do mundo diz-me que, do que depender de mim, estes sonhos são apenas o ponto de partida para muitos outros. Alguns vejo-os mais fáceis de realizar que outros, mas não escrevo nada aqui que considere impossivel. Anyway, sonhar é grátis. Então 'bora lá, sem ordem nenhuma específica. Estes são os meus. Viver muitos anos e com muita saúde.

Dinheiro: ter o suficiente para não ter de pensar nele.

Fazer umas férias sabáticas na Namíbia, no Noah’s Ark Project.

Sim, quero casar, quero ter um casamento lindo e um vestido de noiva maravilhoso.

Poder: às vezes é preciso poder para querer. Eu gostava de um dia ter o poder de fazer de Portugal um país menos desigual. (E se der tempo, o mundo...) Quero ter uma fundação onde mande eu e ajudar todas as pessoas que me apetecer (e cães e gatos e animais em geral, também).
Sermos cada vez mais felizes os dois (o gaijo e eu), a nossa família e os nossos amigos.
Seja com estes ou com outros sonhos, espero chegar ao fim feliz com a vida que vivi.

O desafio aqui fica, para todos os que lhe quiserem pegar e dar um bocadinho de si.

2 comentários:

RP disse...

O meu sorriso :) O Meu beijo :)

Margarida disse...

Ai que romântico!!!! :p