24.1.10

It's the end of the world as we know it

O Oscar, meu padrasto, já está no Facebook - Feisbuk, em espanhol - e mais: ao fim de cinco minutos já tinha sete amigos e já comentava fotos. O Oscar, o mesmo que odiava computadores e que sempre dizia já não ter idade para estas coisas. Mas lá está ele, a encontrar os velhos amigos da África do Sul que não vê há décadas e os amigos das almoçaradas em Lisboa, como se fosse exactamente a mesma coisa. Mas é que agora é exactamente a mesma coisa, e o Facebook não só permite isto, também o torna tão mais fácil, agradável e menos constragedor do que qualquer outro meio de comunicação. Não é fácil abordar uma pessoa que não se vê há anos, mesmo por e-mail ou MSN, e isto no caso de se ter conseguido descobrir a pessoa em questão... e no Facebook é tão fácil. O Facebook é poderoso. Parece-me uma daquelas invenções que no início são fixes, depois são reconhecidas como boas e só mais tarde são vistas como o que realmente são - absolutamente geniais.

5 comentários:

Lovely Rita disse...

O Facebook evita cenas parvas como aquela que eu fiz, quando no meu 10º ano fui ter com uma rapariga de outra turma e lhe disse: "aaaaaaaaaaaa...Olá, lembras-te de mim?! Andámos juntas na catequese, lembras-te? Tinhamos 6 anos e dávamo-nos super bem." E a rapariga ficou estupefacta a olhar para mim e a partir desse dia, começou a dizer-me "olá", enquanto fugia escada abaixo, com medo.
Era a Lígia. Eu lembrava-me dela...

RP disse...

O PC está a tornar-se rapidamente a Caixa de Pandora do Óscar :D

Maggie disse...

Rita,
ya, o Facebook tb é fixe por isso... podemos ignorar todos quantos quisermos sem grande trabalho. Essa Ligia tinha problemas de auto-estima de certeza, devias procura-la no Facebook e escrever no muro dela para toda a gente saber que ela tb andou na catequese, como nós comuns mortais! Ah ah! :D

Ricardo,
concordo, e creio que isto é o princípio de uma grande amizade entre o Oscar e o Facebook... ;)

Lovely Rita disse...

Por acaso também tinha pensado em transformar este meu comentário em post...
Giras as coincidências!
Beijo grande

Pólo Norte disse...

Presumindo que o Óscar- teu padrasto- vem a ser pai da brasa que é a tua irmã, concluo que os bons tempos de Facebook dela estão prestes a terminar... :P

P.S- Couchsurfing não dá! Porque o mete-nojo do querido R. diz que nunca quis ter penfriends! E que depois não quer receber ninguém em casa! Chegou a admitir que tem medo de ficar hospedado na casa de um tipo escocês como o do Notting Hill (embora na verdade a personagem seja gaulesa, mas ele nem me deu oportunidade de contrapôr)... Não quer. Nada a fazer, (Tivemos uma má experiência)

Bisous