27.4.10

Um bocadinho de música clássica por dia, nem sabe o bem que lhe fazia!

É, agora sou uma pessoa muito mais à frente e todos os meses vou ver um espectáculo de "algo" clássico. Começou no mês passado (eu queria falar nisso de forma séria mas já não me lembro o que fui ver), e este mês foi a vez dos Dias da Música no CCB.

Não, não me estou a armar em pedante, isto é mais um dos projectos do meu multifacetado namorado tentando que me torne numa pessoa melhor. Ainda lhe custa acreditar que eu sou uma nulidade musical a todos os níveis (e que mesmo assim ele está comigo). Eu bem lhe tento explicar que não podemos ser todos perfeitos, ora, ele é do Benfica, eu não acerto uma nota musical (nem ouvida nem cantada).

Mas adiante, como tenho um ouvido mesmo muito limitado não sei apreciar as maravilhas da música clássica e até recentemente só recorria a ela em casos extremos. Como por exemplo em Janeiro, que me vi presa dentro do carro, com um ataque de ansiedade, no meio do nevão da década, sem correntes e com camiões acidentados por todo o lado (a viagem Lisboa - Madrid demorou umas módicas 11 horas a ser feita, e eu sozinha da Silva). Aí, a música clássica salvou-me a vida, obrigada, obrigada, que eu com os nervos que levava nem fumei para poder ter sempre as duas mãos no volante.

Agora, num dia normal, ouvir música clássica... huuum, pois, enfim, sou do povo, que fazer? Em compensação, estou a descobrir que é muito mais divertido ver tocar música clássica. Primeiro, porque se pode saber exactamente do onde é que estão a vir os sons. Depois, e é mesmo isto que eu gosto, posso ver as pessoas que tocam a alucinar com o que estão a fazer, é fixe. Até me começo a embalar ao som da música, mas já percebi que isso é coisa que ninguém faz, não percebo porquê, não sentirão a música? Devo ser mesmo muito pindérica.

Em breve vai ser ver-me a tratar o Chopin e o Rachmaninov por tu. Estou a gozaaaaar, eu sei que eles já bateram a bota (isso até eu sei). Mas vocês perceberam.

2 comentários:

RP disse...

Da próxima vez vamos ver um concerto para piano do Rachmaninoff que é para, de uma vez por todas, perceberes de onde vem isto: http://www.youtube.com/watch?v=ATg8CdRD68E

Quando deres por ela, já me pedes MP3 :D ;)

Maggie disse...

Ok, reserva para Maio, mestre!