23.7.09

La Coruña

Entretanto, estou em La Coruña até 31 de Julho (já tinha dito?). Ai que giro, a Galiza, tão bonita, sorria, está em Espanha, e outras blasfémias do estilo. Já tive de ir comprar um chapéu de chuva. Aqui o tempo está assim (passo a descrever um perído de duas horas): faz sol e depois frio e depois sol e depois chuva e depois vento e depois frio e depois calor húmido e depois chuva equatorial e depois chuva molha parvos - e já me estou a passar. Calor daquele que é suposto fazer em Julho, nadinha! Eu detesto ter (quase) sempre razão. Como expus aí para baixo já não sei em que post, parece que o meu primeiro dia de praia vai ser mesmo a 1 de Agosto. (Tentei usar aquela estratégia que consiste em dizer que se espera o contrário daquilo que realmente se quer, para levar a outra pessoa a fazer o que nós queremos só para nos contrariar: funciona com a minha irmãzinha, funciona com o meu queriduxo, não funciona com o sacaninha de algibeira do São Pedro. Azares da vida.)

1 comentário:

RP disse...

Durante estes dias, choveu, fez vento e frio. Cheguei. E eu, no meu explendor, trouxe-te o sol, o bom tempo, o calor!

Deves-me reverência e adoração!