15.6.10

V de "Vou-te partir a boca se continuas a soprar nessa cena!"

Estava no outro dia uma amiga minha (emigra como eu) a comentar que gira que era a campanha das vuvuzelas, pelo menos quando comparada com outras que vemos por aqui, tipo oferecerem canecas com fotos dos jogadores da selecção espanhola nas bombas de gasolina. Eu, sempre numa de temos de apoiar as nossas coisas portuguesas, não pode ser só dizer mal, pois sim senhora, também acho, é verdade, as vuvuzelas são tão fofinhas e os tugas é que têm aquela alma cheia de fado e queixume e não conseguem apreciar o colorido da vida.

Entretanto, estive dois dias em Lisboa. Ouvi algumas (nem foram muitas) vuvuzelas. E estive a ponto de tomar Xanax. Estive quase a dar tareia aos putos da minha rua que andavam a mugir com aquilo na boca. É muito giro é, é uma maravilha. Aliás, ainda acho melhor agora que estou de volta a Madrid e já não as consigo ouvir. Uma pena. (Pois é, pimenta no cu dos outros é refresco...)

3 comentários:

Underhatches88 Fhang disse...

tens razão..!

...acho que quem inventou esta "moda" da "corneta irritante" com um nome de fármaco,(sim porque vuvuzela tem pinta de "alibute" ou mesmo "ultra levure", sendo que qualquer uma das outras palavras soa bem melhor depois de se ouvir o barulho infernal daquele objecto colorido), não imaginou talvez que aquilo podesse causar tantas dores de cabeça que até a própria FIFA proibiu o seu uso dentro dos estádios!

Abraço!

Restelo disse...

Cá a coisa não pegou muito. Ouvi só 1! Mas ver os jogos na TV com som é absolutamente impossível...

Andorinha disse...

Incrível! Só tinha ouvido a minha Mãe usar a expressão "pimenta no cu dos outros é refresco"!! Fabuloso! Ah, e eu tb só soube o que era uma vuvuzela qdo cheguei a PT e aos fim de 3 segundos me apeteceu enfiar a dita pela goela abaixo da criança!