2.3.10

Sobre uns poucos dias que passei em Portugal (# 2)

Ainda sobre os Ídolos, abençoada frescura da Roberta no meio daquele juri bolorento. E sinceramente, muito melhor ela que quase qualquer uma das VIPs nacionais, que não se suportam com tanto snobismo e tanta mania nos cotovelos. E eu que por acaso até a conheço, confirmo: ela é mesmo assim, sem armalhices e naturalmente bem-disposta. Não sei se é dos genes brasileiros, mas agradece-se.

2 comentários:

☆ mini disse...

mais uma vez, devias ter visto o programa completo antes de vires avaliar os outros jurados.

A Roberta pode ser uma simpatia mas raramente dizia algo que se aproveitasse. 90% das vezes cingia-se ao "concordo com o Manel", "adorei a atitude e o carisma", "mt bacana", "fantástico o look"

comentários super úteis, realmente, para um programa em que é suposto, principalmente, avaliar o talento e a qualidade vocal dos candidatos

Maggie disse...

Ó mini, desculpa lá mas eu tenho todo o direito a opiniar sobre os jurados. Mas também penso que se o programa só serve para avaliar o talento e a qualidade vocal, então é um mau programa, porque é preciso muuuuuuuuito mais que isso para se ser um Ídolo de verdade, para vingar nesse mundo (e em tantos outros). Gente talentosa há por aí ao pontapé, e nem por isso toda essa gente é bem sucedida.E by the way, atitude e carisma são fundamentais. Mesmo.